sexta-feira, 23 de junho de 2017

Hoje eu vim falar sobre o medo e sobre a esperança

É difícil começar algo novo,...do nada. A partir da tela em branco do meu notebook, tenho de admitir.
Geralmente posto notícias aqui e nunca relatei algo tão pessoal quanto irei escrever.

Não sou escritor e não tenho a pretensão de ser. Apenas senti que deveria compartilhar algo com vocês queridos leitores desse Blog, cuja foco sempre foi de alertar e estar preparado sobre a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Vamos lá,...


Quando tinha meus 18 para os 19 anos onde a nossa mente parece uma panela de pressão, diante de tantas incertezas e responsabilidades a assumir, me deparei com um medo sobre o futuro.

É um medo assustador pois não temos a menor noção do que iremos fazer de nossas vidas, se iremos conseguir emprego, se iremos trabalhar em algo que realmente vale a pena, ou se iremos apenas assinar uma carteira para conseguir um salário no final do mês.

Naquela ocasião a gente não falava sobre isso, mas sentia tudo que acontecia e se fechava em nossos questionamentos, pensando em conseguir uma resposta através de nossos próprios esforços,...enfim.

Medo na verdade do desconhecido.

E uma vez quando consegui falar sobre isso com alguém, essa pessoa me disse: "calma, não precisa se preocupar, deixa que o tempo se encarrega disso."

Achei aquilo a coisa mais irresponsável que poderia ouvir. Como poderia deixar o tempo tomar as decisões que caberiam a mim fazer?!

Mas com aquela idade,... a gente quer as respostas pra ontem e a incerteza é tão assustadora quando o desconhecido.

E numa roda de amigos, as vezes, muito raramente se comentava: "E ai, você vai casar? Ou vai juntar dinheiro pra comprar uma casa antes?"

Pronto. Mais uma bomba para ficar martelando minha cabeça. E agora? 

Bom, casar naquela época não estava em questão e comprar casa muito menos. Optei pelo carro. Na dúvida: vai ser feliz com o que você pode e o que você tem. 

Mas ninguém nunca me falou, que em qualquer situação difícil eu deveria pedir ajuda a DEUS.
Até porque eu era o senhor de minha vida e se quisesse algo, eu que deveria correr atrás.

Quanto sofrimento e desgaste desnecessário. Quantas angústias sofridas por nada. Se tivesse confiado em Deus. Se alguém me tivesse dado um conselho sobre a Providência Divina.

A única palavra que escutei mais próxima disso, foi sobre a previdência. Que deveria fazer uma para garantir no futuro.

E sobre um dia ter filhos? Hã..??? O quê?

Não, isso não. Não sei se darei conta do recado, nem sei se terei condições sobre isso.

Só que o mundo dá voltas. Deus por piedade colocou em meu caminho uma esposa amorosa que me ajudou a ter coragem de vencer esses medos. E mais!

Colocou as Mensagens da Palavra Viva de DEUS. No começo era como se DEUS tivesse me pegado pelas pernas e me sacudido de cabeça para baixo. E me dizendo: Não tenha medo, estou contigo. Basta me obedecer que o restante virá por acréscimo.

Hoje eu vejo o mundo com outros olhos. Sabem porquê?

Porque eu aprendi a confiar em DEUS. Quanto peso me foi tirado dos ombros que eu mesmos colocava por não saber, ou não pedir a ajuda de DEUS, da Virgem Maria.

Quantas graças eu alcancei através de Maria Santíssima - Mãe de DEUS.

Com DEUS a gente aprende a trocar o medo do mundo, das coisas, de tudo,...

Por esperança!

É disso que o mundo precisa.

É na nossa fé que temos a esperança de que, se O obedecermos, aos Seus Mandamentos, a respeitá-LO no Santíssimo Sacramento, dobrando os joelhos diante DELE para O adorar e recebendo a Santa Hóstia na língua como sempre fizeram nossos avós e seus antecessores - ELE irá lhe ajudar em tudo.

Quando o livro A Palavra Viva de DEUS chegou até nós, eramos apenas eu e minha esposa.

Hoje, temos 2 filhas e está vindo mais um. Sem medo do futuro, mas com esperança de que, quando a Cruz pesar, ELE nos alivia.

Obrigado JESUS por tudo.

Um beijo no Senhor, na Vossa Santa Mãe e no seu pai de criação São José.
Pelo vosso exemplo da Sagrada Família.

Obrigado senhor Bento da Conceição - Pedro II. Por sua luta. Sem ela, jamais teríamos conhecido a verdade.

Fiquem todos com DEUS.


quinta-feira, 4 de maio de 2017

Um vídeo indescritível: 10/06/2012

N.U.N.C.A = vou esquecer desse dia!!!

Deus falando pelo profeta Pedro II.

Assista e,... se alguém ainda tem alguma dúvida... da santidade do Bento da Conceição e da veracidade de sua obra A Palavra Viva de DEUS...

Veja!





quarta-feira, 3 de maio de 2017

Saudades do último Papa: Pedro II - ( Bento da Conceição )

Salve Maria.

Prezados irmãos em Cristo, estive ausente da internet - não dos acontecimentos - nos últimos dias e pensei,...

Apesar da falta que nos faz o nosso profeta, Papa, amigo fiel e mensageiro de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Virgem Maria, São José e de outros Santos e Anjos do Céu, tenho sempre comigo algumas imagens e vídeo que gostaria de compartilhar com vocês. 

Não caberia nesse artigo a extensão de sua obra A Palavra Viva de Deus e o seu trabalho de evangelização de 45 anos. 

Mas certas imagens são como um pequeno álbum de fotografia. Não tem toda a vida de uma pessoa contida no mesmo, mas dá pra 'viver' a saudade. 

Viver? Sim! 
Como já dizia Santa Teresinha do Menino Jesus:

































sexta-feira, 14 de abril de 2017

Reflexão sobre o estado atual da Igreja moderna e sobre a Tradição.



Reflexões da Sagrada Escritura: A Igreja e o mundo.

“Não ameis o mundo nem as coisas do mundo” (1 João, II, 15).
Por Padre Élcio Murucci | FratresInUnum.com
Escrevi este artigo quando ainda seminarista, ou mais precisamente, há 45 anos. Mostrei-o à S. Ex.cia Rev.ma D. Antônio de Castro Mayer, de santa memória, que, então,  bondosamente o leu e deu a sua aprovação.
Hoje, vemos como os modernistas, mais do que nunca, dominando na Igreja, fazem uma mistura das coisas sagradas com as mundanas, como foi o fato sacrílego acontecido no carnaval deste ano em São Paulo, quando o Cardeal Odilo Pedro Scherer permitiu que o bloco carnavalesco União de Vila Maria, sob pretexto de homenagear os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, misturasse samba com cânticos religiosos, e colocasse a imagem de Nossa Senhora Aparecida, inclusive com o manto e coroa bentos por um padre do Santuário de Aparecida, colocasse, digo, num ambiente o mais mundano e pecaminoso possível, que é o carnaval, máxime o do Brasil. Assim sendo, achei por bem publicar este artigo. Oxalá as almas possam ver onde está a verdadeira doutrina de Nosso Senhor, e, outrossim, vejam como os modernistas são realmente os maiores inimigos da Igreja.
Feita que foi esta introdução, vamos iniciar as nossas reflexões sobre este texto das Sagradas Escrituras, acima enunciado. Demos, em primeiro lugar, a noção correta de MUNDO, sentido este expresso no texto em apreço e nos muitos outros que aqui citaremos. Tomamos aqui o termo MUNDO  não enquanto significa as obras da criação ou o conjunto das pessoas que vivem na terra (bons e maus), mas enquanto significa o complexo daqueles que são escravos da tríplice concupiscência e cujas máximas são contrárias às de Jesus Cristo.
Mundo neste último sentido é explicado pelo Apóstolo São João na sua Primeira Epístola: “Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo não há nele o amor do Pai, porque tudo o que há no mundo é concupiscência da carne, concupiscência dos olhos e soberba da vida, e isto não vem do Pai, mas do mundo. Ora o mundo passa, e a sua concupiscência com ele, mas o que faz a vontade de Deus permanece eternamente” (1 João, II, 15-17). Baseados sempre nas Sagradas Escrituras e na Tradição, vamos explicar esta definição do mundo dada por S. João Evangelista.

1. CONCUPISCÊNCIA DA CARNE: Sobre ela eis o que diz São Paulo: Caminhemos como de dia, honestamente; não caindo em glutonarias e na embriaguês, não em desonestidades e dissoluções; não em contendas e emulações, mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não vos ocupeis da carne em suas concupiscências” (Rom. XIII, 13 e 14). “Caminhemos como de dia, honestamente”. As obras dos filhos das trevas são feitas comumente à noite. São todas as desonestidades provenientes da concupiscência da carne. É o amor desordenado dos prazeres dos sentidos. Em primeiro lugar o amor sensual ou luxúria, espalhado por todo o corpo: ver, ouvir, falar, fazer tudo aquilo que acende e alimenta as chamas do amor impuro. Também os excessos no comer e beber e a moleza da vida.
Em outras passagens, o Apóstolo mostra como devem agir os “filhos da luz”: Aqueles que são de Jesus Cristo, crucificaram sua carne com seus vícios e concupiscências” (Gálatas, V, 24). Caríssimos, vede que S. Paulo não diz: “crucificaram seus vícios e concupiscências”, mas “sua carne com seus vícios e concupiscências”. O bom médico vai à raiz do
mal. A carne, depois do pecado original, é a raiz dos males.
Ouçamos ainda S. Pedro, o primeiro Papa: “O Senhor sabe livrar os justos da tentação e reservar os maus para o dia do juízo a fim de serem atormentados, principalmente aqueles que vão atrás da carne na imunda concupiscência” (1 Pedro, II, 9 e 10).
2. CONCUPISCÊNCIA DOS OLHOS: Compreende duas coisas:
a) a curiosidade doentia ou seja o desejo imoderado de ver, ouvir e conhecer o que se passa no mundo, alimentando e excitando assim a sensualidade. Neste sentido eis o que diz o Espírito Santo nas Sagradas Escrituras: “Ooliba [figura da corrupção de Jerusalém] foi aumentando sempre a fornicação porque tendo visto alguns homens pintados na parede, umas imagens dos caldeus delineadas com cores… pela concupiscência dos seus olhos concebeu por eles uma paixão louca”  (Ezequiel, XXIII, 14 e 16). “Os olhos não se fartam de ver…” (Eclesiastes I, 8). “Eu(Jesus), porém, digo-vos que todo o que olhar para uma mulher, cobiçando-a já cometeu adultério com ela no seu coração” ( S. Mateus V, 28). Como a concupiscência vem do mundo, este promove tudo aquilo que provoca e fomenta a concupiscência dos olhos, e através desta, a concupiscência da carne, como por exemplo: revistas pornográficas, filmes, novelas e espetáculos imorais, bailes, imodéstia no vestir, sobretudo em certos ambientes como praias, piscinas, e festas mundanas, sobressaindo entre elas o Carnaval (máxime aqui no Brasil), namoros indecentes mesmo em público, (assim eu escrevia há 45 anos, e hoje? nem preciso dizer o que são!). Entra ainda o papel da televisão, do cinema, da maioria dos jornais e hoje máxime da Internet usada para o mal, como veículos de propagação destas imoralidades.
b) A concupiscência dos olhos pode ser interpretada também como o amor desordenado do dinheiro, ou avareza. Com efeito, o dinheiro, ou apegando o homem a terra e afastando seu pensamento de Deus ou provocando o luxo e o comodismo, oferece maior facilidade para tudo aquilo que fomenta a concupiscência dos olhos e promove a concupiscência da carne. Aliás é por aí que o demônio começa como ensina S. Paulo: “Os que querem enriquecer caem na tentação e no laço do demônio e em muitos desejos inúteis e perniciosos que submergem os homens na morte e na perdição. Com efeito a raiz de todos os males é o amor do dinheiro” (1 Timóteo, VI, 9 e 10). Jesus disse: “Não procureis (com cuidados excessivos) o que haveis de comer e beber e não andeis com espírito preocupado. Porque são os homens do mundo que buscam todas estas coisas” (S. Lucas, XII, 29). E explicando a parábola do semeador diz ainda: “A semente que caiu entre espinhos, representa aqueles que ouviram a palavra, porém, vão e ficam sufocados pelos cuidados do mundo, pelas riquezas e prazeres desta vida e não dão fruto” (S. Lucas, VIII, 14).
Eis como a Sagrada Escritura fala da concupiscência dos olhos tomada no sentido de AVAREZA: “O olho do avaro não se sacia com uma porção injusta; não se fartará, enquanto não tiver consumido e secado a sua vida. O olho mau tende para o mal, e não se saciará de pão, mas estará faminto e melancólico à mesa” (Eclesiástico, XIV, 9 e 10).
3. A SOBERBA DA VIDA: É o orgulho. É primeiramente a vaidade mais vulgar que gosta da ostentação e do luxo. O dinheiro ajuda a soberba. Esquecido de Deus e entregue a si mesmo, o homem considera-se o seu próprio deus. Daí vêm: avareza, espírito de independência, egoísmo, vã complacência, vanglória, jactância, ostentação, hipocrisia etc.. O homem orgulhoso confia em si mesmo; por isso se expõe aos perigos, aos ambientes mundanos, não aceita uma norma de vida, um moral fora e acima dele. Ele mesmo é o árbitro de suas ações, ele é que determina a sua moral, o seu modo de agir. Em uma palavra: ele faz a sua religião. Compreende-se assim facilmente com o orgulhoso, que, na verdade, é rejeitado por Deus, tem o caminho aberto para toda concupiscência, entregando-se aos pecados e baixezas da carne, o que aliás constitui um castigo de seu próprio orgulho. Vejamos apenas alguns textos da Sagrada Escritura sobre a soberba da vida: “Mas vós, pelo contrário, elevai-vos na vossa soberba” (S. Tiago, IV, 16). “O princípio da soberba do homem é afastar-se de Deus” (Eclesiástico, X, 14). “Não há coisa mais detestável do que o avarento. Por que se ensoberbece a terra e a cinza? “Tua arrogância enganou-te, assim como a soberba do teu coração” (Jeremias, CLIX, 16). O mundo, que tem como príncipe o demônio (Cf. S. João, XII,31; XIV, 30; XVI, 11).  ) e por estandarte a tríplice concupiscência, como age?
Caríssimos, depois da queda original a natureza humana é inclinada para a concupiscência que atrai e alicia, e esta é alimentada pelo mundo que por sua vez é governado pelo demônio. Estes são os três inimigos das nossas almas: o mundo, a carne, e o demônio. Eis a explicação dada pelo próprio Espírito Santo através de S. Tiago: “Cada um é tentado pela sua própria concupiscência que atrai e alicia. Depois a concupiscência quando concebeu dá à luz o pecado” (S. Tiago,I, 14). S. João diz por sua vez: “Aquele que comete o pecado é filho do demônio, porque o demônio peca desde o princípio” (1 S. João, III, 8). E no capítulo V, 19 diz: “Sabemos que somos de Deus, mas o mundo está sob o maligno”. Nosso Senhor Jesus Cristo na parábola do joio explicou que é o demônio o homem inimigo que suscita os maus sobre a terra (Cf. S. Mateus, XIII, 39).
O mundo então através da tríplice concupiscência e excitado pelo demônio persegue os bons de duas maneiras:
1 – Seduzindo-os através de suas vaidades e prazeres; promove, como vimos acima, tudo aquilo que favorece os olhares lascivos e enlaces sensuais, mas apresenta tudo isso como coisas necessárias para fomentar o amor; como úteis para a saúde, recreações, higiene, etc.. E assim, procura enganar as consciências. Depois o mundo elogia os que sabem gozar a vida. Prega o amor desordenado do prazer: “Coroemo-nos de rosas antes que elas murchem” (Sab. II, 8). É um dever sagrado, dizem os mundanos, aproveitar a mocidade, gozar a vida. O mundo seduz ainda pelos seus maus exemplos. Com mostra a trilhar o caminho largo, apresenta como argumento supremo a maioria. Todos os mandamentos se resumem neste: todo mundo faz assim; é a moda, etc..
2 – Quando não pode seduzir os bons, o mundo trata de os aterrar movendo-lhes perseguições: Assim, desviam-se da prática da religião os tímidos, metendo a riso os devotos, os que fazem penitência, os “ingênuos” que acreditam em dogmas imutáveis, motejam das mães que têm muitos filhos, e que vestem modestamente suas filhas, zombam daqueles que fogem dos ambientes perigosos: como bailes, praias, piscinas, carnaval, etc… Já disse a Sagrada Escritura: “Aqueles que querem viver piedosamente sofrerão perseguição” (2 Timóteo, III, 11).
Diante da opressão que o mundo lhes faz, consolem-se com o diz a Sagrada Escritura: Em realidade se Deus não perdoou ao mundo antigo; mas somente salvou com outros sete a Noé, pregador da justiça, quando fez vir o dilúvio sobre o mundo dos ímpios, e se condenou a uma total ruína as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as as cinzas para servir de exemplo aqueles que venham a viver impiamente, se, enfim, livrou o justo Lot oprimido pelas injúrias e pelo viver luxurioso destes infames (esse justo que habitava entre eles sentia diariamente a sua alma atormentada, vendo e ouvindo as suas obras iníquas), é porque o Senhor sabe livrar os justos da tentação e reservar os maus para o dia do juízo, a fim de serem atormentados, principalmente aqueles que vão atrás da carne na imunda concupiscência e desprezam a soberania (de Cristo)”.
Caríssimos, desculpem-me por eu ter me estendido demais. Mas, na verdade, o artigo ainda continua. No próximo sábado, se Deus quiser, continuarei tratando da mesma matéria: Veremos, se Deus quiser, o modo de agir dos modernistas e o da Tradição em relação ao mundo. Faremos um terceiro artigo sobre A MODÉSTIA NO VESTIR. Sempre me baseando nas Sagradas Escrituras.

LEIA também: 

Concílio Vaticano III - leia-se: Sínodo da Família, o novo aggiornamento.


sábado, 11 de março de 2017

Último CHAMADO - Diário Catarinense

Salve Maria, Mãe da Misericórdia e Seu Filho amado JESUS.

Hoje com muito esforço e ajuda dos filhos da Luz, foi concretizado um pedido de DEUS através de nosso profeta Pedro II, de se divulgar no maior jornal de veiculação no estado de Santa Catarina - o último chamado.

Somado aos 44 anos de evangelização de nosso profeta, chega nas mãos dos catarinenses mais essa trabalho tão lindo e verdadeiro.



Essa intenção é de se fazer chegar ao conhecimento dos que aqui vivem, as Mensagens de JESUS, de Maria Santíssima e de todo o Céu: convertam-se e creiam no Evangelho.

Creiam nessa obra A Palavra Viva de DEUS.(disponível pela internet)

Creiam nesse filho muito querido e amado por DEUS: Bento da Conceição, que assim como Saulo que passou a se chamar Paulo, teve seu nome mudado para Pedro II.

É o último CHAMADO. Creiam Nisso!! Não sejam descrentes.










sexta-feira, 3 de março de 2017

Todas as religiões - menos o Catolicismo.

Salve Maria.

O maior propagador do diálogo inter-religioso de todos os tempos é o bispo Bergolio.(não o chamo de papa, pois sei que ele não foi escolhido por DEUS)

  Foto do jornal O Globo.   


Vou colocar aqui o que é o "certo - Ecumenismo" - como tudo aquilo que ele defende e propaga como certo.

Vídeo ecumênico do papa Francisco*

Francisco a um grupo de judeus, cristãos e muçulmanos: "temos um mesmo pai.

E o " errado - ecumeniso" - que seria mostrar-se como defensor da Igreja Católica e do Filho de DEUS:

Francisco esconde su cruz pectoral delante de los Rabinos




E o vídeo abaixo é auto-explicativo. Tirem suas próprias conclusões.








Lembrando que:

O sacerdote, jornalista e doutor em Teologia pela Universidade de Navarra (Espanha), monsenhor Juan Claudio Sanahuja, denunciou como a ONU e outras entidades buscam estrategicamente influenciar os países com políticas anti-vida e a proposta de uma religião universal no congresso pró-vida da Human Life International em São Paulo. 

Artigo completo no link:
 http://mdemisericordia.blogspot.com.br/2013/08/padres-modernistas-estao-servindo-nova.html


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Um grito alucinante de Ani - agora é tarde.

" Semelhantes palavras como rezar, missa, água benta, igreja, só escrevo com íntima repugnância, com incomparável nojo. Detesto profundamente os freqüentadores de igreja, assim como todos os homens e coisas em geral. "









A carta na sua íntegra - clique no link acima.





Abaixo, uma amostra com o vídeo contextualizando o fato narrado.

Mas de sobre aviso lhes digo: leiam enquanto tens tempo. Amanhã poderá ser-lhe tarde.

















segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Seja uma mulher! - Be a Woman!

Salve Maria.

Realmente não podemos ter "pré - hífen - conceitos".

Estava visualizando uns vídeos no youtube sobre famílias e eis que me aparece na aba lateral de vídeos sugeridos o tema abaixo.


"Quero Minha Mulher Mais Feminina!" - 02/10/2015


O tema do programa me chamou a atenção e resolvi visualizar.

E,... pensei comigo mesmo: não é um programa católico, não é um programa sobre modéstia, não é sobre formação cristã. É sobre um problema que tem acometidos algumas famílias a ponto de virar pauta do Casos de Família do SBT:


Casos de Família é um talk show apresentado pela jornalista Christina Rocha. O programa recebe 
familiares, amigos ou inimigos que têm algum conflito para ser resolvido, abordando problemas que 
acontecem entre membros da mesma família, vizinhos ou no ambiente de trabalho.  


Já foi tratado aqui no nosso blog sobre o tema da mulher se vestir como homem:






Claro sob a ótica da doutrina católica, mas nada a ponto de afetar a percepção dos maridos frente a suas esposas como foi tratado no programa.

Então, sem mais delongas, assistem!!

E como dizia São Paulo: Examinai tudo e retenha o que for bom! 

1 Tessalonicenses 5, 21





Algumas falas do programa que me chamaram mais a atenção:

Christina Rocha:
" É impressionante Claudinha, o jeito delas andarem. Muda né! A auto-confiança!

Claudinha - consultora de moda do programa:
"Porque, elas nos emocionam. Nós buscamos resgatar nelas o que estava perdido. Aquilo que elas não enxergam mais. Que é a beleza." ...
"Tinha uma que queria usar roupa de homem."
"Com um pouco de, vamos dizer, de catequese de moda."



segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Estão brincanco com a imagem da Mãe de DEUS - carnaval 2017

Proteste! Ultraje à Nossa Senhora Aparecida e blasfêmia no Carnaval 2017

Ação Jovem do IPCO

Com o “aval da Igreja” a “Unidos da Vila Maria” pretende homenagear Nossa Senhora Aparecida no Carnaval de 2017! Ao contrário de uma homenagem, colocar em um desfile de Carnaval os símbolos católicos, juntamente com os símbolos mais flagrantes de imoralidade e neopaganismo, constitui uma grave ofensa a Nossa Rainha e Padroeira!



É com pesar que soubemos, através de amigos que nos enviaram algumas notícias, da utilização da imagem e da história de Nossa Senhora Aparecida na apresentação da escola de samba “Unidos da Vila Maria”, durante o carnaval de 2017! De acordo com a notícia, “a escolha do tema tem a aprovação da Igreja”, referindo-se ao aval do reitor do Santuário de Aparecida.

Talvez prevendo a reação católica, que repetidamente se fez sentir por ocasião de atos semelhantes, a referida escola de samba publicou que “em respeito à Igreja será evitado o sincretismo religioso e rompimento da pureza associada à imagem da Santa”.

A ressalva, entretanto, pouco vale. Pois ainda que se admita que o enredo e as músicas não contenham textos ou gestos diretamente provocativos a Nossa Senhora, permanece o fato de que a imagem sagrada de Nossa Mãe Santíssima será colocada lado a lado com todas as abominações morais próprias dos carnavais modernos. Será apresentado um carro alegórico da história da Virgem Mãe Aparecida, seguido ou precedido de outros que exaltam, seja o nudismo, seja o paganismo, enfim, as práticas mais condenáveis.

Colocar no mesmo desfile os símbolos católicos, sobretudo em se tratando de uma imagem insigne da Mãe de Deus, juntamente com os símbolos mais flagrantes de imoralidade e neopaganismo, constitui uma grave ofensa a Nossa Rainha e Padroeira. Significa afirmar, ainda que implicitamente, que o bem e o mal podem e devem conviver juntos, em pé de igualdade. Essa ofensa faz lembrar os castigos previstos pelo Profeta Sofonias, nas Sagradas Escrituras:

“Exterminarei desse lugar tudo o que resta de Baal(…): os que se prostram e fazem juramentos ora em nome do Senhor, ora em nome de seu deus. (…) Castigarei os homens que dizem consigo mesmos: O Senhor não faz bem nem mal. (…)Ai da (cidade) rebelde e abjeta, da cidade tirânica! Seus profetas são jactanciosos e impostores; seus sacerdotes, profanadores de coisas santas e violadores da lei”. (Trechos dos capítulos 1 e 3 do livro do Profeta Sofonias)


De fato, o público fiel sempre entendeu ser incompatível a presença de símbolos católicos, sobretudo as imagens da Santíssima Virgem, nos ambientes carnavalescos modernos, mormente em se tratando da Padroeira do Brasil. Por diversas vezes a reação católica conseguiu impedir esse uso a bem dizer sacrílego dos símbolos de nossa Santa Religião.

Não é nos desfiles carnavalescos modernos que nossa Senhora e Mãe, Rainha do Brasil, será louvada e lembrada. Fazê-lo seria — sobretudo por ocasião do terceiro centenário do milagroso aparecimento da imagem! — uma redobrada ofensa.
Por isto, envie já seu protesto ao Cardeal Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno de Assis, pedindo para que ele use de sua autoridade arquiepiscopal a fim de impedir essa grave ofensa à Rainha e Padroeira do Brasil, máxime quando perpetrada com a chancela do Santuário de Aparecida.

Para Enviar seu protesto, clique aqui

fonte: http://www.lepanto.com.br/catolicismo/noticias-catolicas/proteste-ultraje-nossa-senhora-aparecida-e-blasfemia-no-carnaval-2017/

******************************************************************


O Portal A12.com recebeu imagens de algumas fantasias que serão usadas na avenida no dia 24 de fevereiro de 2017, sexta-feira de carnaval em São Paulo (SP). A Unidos de Vila Maria será a terceira escolar a desfilar.

--------------------------------------------------------------------


"Ele lhes disse: Vós pretendeis passar por justos perante os homens, mas Deus conhece-vos os corações: porque o que para os homens é estimável, é abominável perante Deus". (Lc 16,15)

Disse São Gregório Magno: (obra -- A Regra Pastoral, ou simplesmente Pastoral -- tratando dos deveres de um Bispo) "Os bispos são os olhos do povo. Se os que governam o povo não têm luz, os que lhes estão submetidos só podem cair em confusão e erro".

Diz na Sagrada Escritura:

"Seus sacerdotes violam a minha lei, profanam o meu santuário, tratam indiferentemente o sagrado e o profano e não ensinam a distinguir o que é puro do que é impuro". (Ez 22, 26)

Nota final de www.rainhamaria.com.br - por Dilson Kutscher

O maior sinal que estamos vivendo o fim dos tempos se encontra na falta de respeito ao Sagrado, a substituição das coisas Sagradas de DEUS, pelas profanas do mundo. (dos homens)

"Eles são do mundo. É por isto que falam segundo o mundo, e o mundo os ouve. Nós, porém, somos de Deus. Quem conhece a Deus, ouve-nos; quem não é de Deus, não nos ouve. É nisto que conhecemos o Espírito da Verdade e o espírito do erro". (I João 4, 5 -6)

"Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura em vez do Criador, que é bendito pelos séculos. Amém!" (Romanos 1, 25)

fonte: http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/19978/O-Circo-e-Carnaval-continuam-em-pleno-Santuario-de-Aparecida-Ha-muitos-anos-que-assistimos-padres-bispos-e-cardeais-capitularem-em-sua-grande-maioria-ao-espirito-do-mundo-espirito-de-Satanas