sexta-feira, 17 de novembro de 2017

O Último Papa da Igreja Católica: Pedro II / Bento da Conceição

O último papa escolhido por Deus no Vaticano:

Resultado de imagem para João Paulo II



Por que?

Porque naquele tempo Roma era Amor.

Após o atentado em 13 de maio de 1981 contra o Santo Padre João Paulo II no Vaticano, Deus haveria de escolher outro, longe dali, longe do mal que ali habita, por causa da profecia:

Isaías 46

"8.lembrai-vos disso, sede razoáveis, e entrai em vós mesmos, pecadores. 9.Recordai-vos do que se passou outrora. Só eu sou Deus, e não há nenhum outro, eu sou Deus e ninguém me é semelhante. 10.Desde o princípio eu predisse o futuro, anuncio antecipadamente o que ainda não se cumpriu. Meu plano realizar-se-á, executarei todas as minhas vontades. 

11.Chamo do oriente uma ave de rapina, de uma terra longínqua o homem de meus desígnios. O que disse, executarei; o que concebi, realizarei. 

12.Escutai-me, homens desanimados, que vos julgais longe da salvação! 13.Faço aproximar-se a salvação que prometi; ela não está longe: e a libertação que predisse não tardará. Darei a vitória a Sião, e minha glória a Israel." 





Mensagem recebida pelo Confidente Católico Bento da Conceição – Taquaras – Balneário Camboriú – Santa Catarina – Brasil. Informações: (0xx47) 3169-1316

Não precisas mais te preocupar com o que virá daqui para frente

03/02/2014

Meu irmão querido, tudo o que se faz em prol da paz, já é um caminho andado, e tu faz tudo isto sem saber o que tu és diante de Nosso Bom Deus. Irmão, tu sabes o que é um tesouro guardado? Não pense que se tira debaixo da terra. 
É uma semente que ficou por muitos anos escondida, e esta semente foste tu, que Jesus anunciou que viria um varão de terra longínqua, onde hoje podemos ver como és a pessoa que tinha já predestinado para anunciar a Segunda Vinda do Filho de Deus. Sabes irmão Pedro II, eu, João Baptista Reus. fico feliz por ter te ajudado em tudo aquilo que foi no começo, onde comigo vieste a saber como se trata de ser fiel ao Menino Deus, e hoje estás sendo o mais ilustre diante de todos os homens. 
Nasceste, irmão, já com uma estrela maior do que as outras. Olhando para o céu pode se ver uma bem maior, e esta aponta quem tu és para anunciar a Vinda Gloriosa do Filho de Deus. Quero dizer, a tua história também é bonita diante desta geração. Por isso estás sendo o único no mundo que tem o aval de Deus, para falar com todos que aqui estão. 
Eu, como um pequeno Santo no Céu, vi e vejo que para ser um Enviado de Deus, não precisou cursar faculdade alguma, bastou ser obediente para fazer um serviço desta natureza. Olhe só irmão o que tu és. Por isso és admirado como o maior escritor. Provado já és em sabedoria, sem ter diploma algum. Na liderança estás em primeiro lugar, como já teve os grandes profetas, começando por Abraão e finalizando toda a história da Criação por um pequeno homem, mas que diante de Deus, outro jamais faria o que vens fazendo, dar toda a atenção só para os Planos de Deus, finalizar por uma pessoa só, como um desbravador, e tu és este.
Lembre-se que não precisas mais te preocupar com o que virá daqui para frente, só fique sempre de prontidão, como vens vindo com tua família.

Sacerdote de Jesus Cristo Padre João Baptista Reus e Pedro II


Às 4h30 da manhã, o horário em que o profeta levantava para rezar e receber as Mensagens, desde o dia em que o profeta partiu da vida terrestre e entrou na Pátria Celestial, uma linda estrela, diferente de todas as outras no tamanho e no brilho, surgiu com intensidade no céu.
Quem estava presente, vivenciou um momento de conforto, alegria e agradecimento, pois, para aquele que crê, sabe exatamente o que essa Estrela significa!
O João Batista, um dos filhos do profeta, pediu a um fotógrafo profissional, que registrasse o momento em que a estrela surge no céu.


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Por traz de todo crime há uma motivação: dinheiro.

Ao final desse artigo você conseguirá enxergar a trama para o derradeiro final: 
a infiltração do inimigo na Casa de DEUS.


"I Timóteo, 6" 


"Porque a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro. Acossados pela cobiça, alguns se desviaram da fé e se enredaram em muitas aflições." 




Por que George Soros financia movimentos de esquerda? Entenda


O casamento aparentemente contraditório entre um bilionário capitalista com grupos de esquerda desperta a seguinte pergunta: como um bilionário capitalista, especulador no mercado financeiro, decidiu financiar grupos de esquerda?  E por quê? 

Basicamente, porque muitos movimentos de esquerda não são necessariamente contra o capitalismo de George Soros, mas contra valores e princípios conservadores, base da civilização ocidental, que representam obviamente uma resistência aos anseios globalistas de Soros e outros grandes capitalistas - tema muito discutido em outros países e totalmente obscuro no Brasil.




Recentemente, tivemos um fato marcante que nos ajudaria a entender a realidade do mundo atual e, para variar, passou batido pela grande mídia: o vazamento de informações da fundação do bilionário George Soros, Open Society Foundation, a qual doa milhares de dólares para organizações de pauta esquerdista (progressista). Até 25 de agosto, a lista completa dos documentos e das organizações de esquerda financiadas por Soros estava aqui (fonte primária).

Para quem acompanha os textos de Olavo Carvalho e Flávio Morgenstern, esse casamento entre os metacapitalistas e as esquerdas não traz grandes surpresas, pelo contrário, é perfeitamente compatível com os movimentos progressistas de hoje.

De acordo com o intelectual Flávio Morgenstern (em ótimo Podcast sobre o tema, no qual resumo parte das ideias abaixo), para compreender o casamento entre George Soros e grupos de esquerda, é fundamental entender quais são os objetivos da esquerda hoje e o que é Globalismo, fenômeno muito debatido no mundo, mas pouco discutido no Brasil.   

Segundo Morgenstern, o grande objetivo da esquerda é um mundo de paz entre as pessoas. Assim, para se alcançar a PAZ, na lógica esquerdista, seria necessário um Estado forte, além das fronteiras de um país, capaz de destruir todas as fontes de desigualdades na sociedade, seja ela racial, sexual ou até de renda. Mais do que isso, se tivéssemos um Estado com controle absoluto sobre a sociedade, acima das forças locais de um país, não haveria motivos para as nações entrarem em guerra. E é exatamente aí que entra o Globalismo de Geroge Soros.

Teoria da conspiração? O brilhante filósofo inglês, Roger Scruton (ver obra Como ser um Conservador), nos diz que não. Segundo ele, a União Europeia foi criada justamente para ser um Estado acima dos governos locais a fim de evitar mais guerras na Europa. O ponto chave é que a união entre os povos não ocorreu de maneira  espontânea, popular, de baixo para cima, mas imposta por uma agenda globalista onde as pessoas comuns não se vêm representadas pelas novas normas e leis impostas para a sociedade pelos burocratas de Bruxelas.  A saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit) só mostrou este descontentamento popular com a agenda globalista.

Se de um lado, a União Europeia é um exemplo real que nos ajuda a entender o Globalismo; por outro, a relação entre o financiamento dos globalistas (George Soros) com movimentos de esquerda não parece ser tão óbvia. Por que a Fundação de George Soros financia ONGs, “coletivos” e movimentos que defendem ideologias que hoje caracterizam a nova esquerda (new left): feminismo, ideologia de gênero, black lives matter, gayzismo, abortismo, legalização das drogas, livres fronteiras para imigração, desarmamentismo, descriminalização da pedofilia, etc?

A razão é simples, muitos destes movimentos de esquerda não são necessariamente contra o capitalismo de George Soros, mas contra valores e princípios conservadores, base da civilização ocidental, que representam obviamente uma resistência aos anseios globalistas das famílias Soros, Rockfeller, Ford, entre outras.

Uma hipótese plausível é que para estes metacapitalistas colarem em prática seu projeto de governo global – novamente, tema amplamente discutido no primeiro mundo - é necessário enfraquecer qualquer resistência a esse super governo. 

Evidentemente que todos os elementos defendidos pela direita, principalmente pelos conservadores, são uma resistência ao poder global, tais como a família, a religião judaico-cristã, os poderes locais, o respeito às tradições, aos costumes e à liberdade individual. Por exemplo, é muito difícil um governo moldar um comportamento numa sociedade em que os valores são transmitidos pela família ou pelo convívio social, e não pelo Estado. Na mesma linha, é quase impossível um governo impor sua agenda diante de costumes e tradições tão enraizadas na sociedade. Em outras palavras, estes elementos conservadores representam uma resistência a qualquer tentativa de CONTROLE de governos sobre  a sociedade civil.

Por isso, que é perfeitamente compreensível que George Soros, um super capitalista, financie agendas progressistas mundo afora: os movimentos de esquerda de hoje lutam contra princípios conservadores, que são elementos de resistência ao projeto globalista de George Soros. Mais do que isso, muitos destes movimentos progressistas não lutam pelos mais oprimidos, mas se vendem como bem-intencionados, politizando problemas de fato reais, para imporem sua ideologia sobre a sociedade. Por exemplo, é evidente que existe machismo em diversas partes do mundo; o problema é politizar o tema para impor uma ideologia e um CONTROLE sobre a sociedade, transformando  todo homem num potencial machista e toda mulher numa potencial vítima. Em outras palavras, por meio de uma guerra de narrativas, exploram-se ressentimentos para imporem uma agenda antiliberal e anticonservadora sobre a sociedade, financiada com o dinheiro de Soros.

Por fim, será que é mera coincidência que uma pessoa adepta da ideologia de gênero defenda também o desarmamento da sociedade civil, o aborto, o poliamor,  ridicularize o cristianismo e admire o Obama? Por que será que é tão previsível saber a opinião dos Gregórios Duviviers  e dos cools da Vila Madalena e do Leblon sobre imigração, legalização das drogas, aborto, cotas, etc? 

Por que será que tantas pessoas pensam em bloco sobre todos estes temas? Não sei. Talvez George Soros saiba a resposta. 

Fonte: http://www.infomoney.com.br



Leia também: 

“Teologia da Libertação” a nova religião criada pela KGB.”

Vaticano e a profecia do cardeal Biffi







sábado, 14 de outubro de 2017

Está na hora de acordar: parar e adorar Nosso Senhor JESUS CRISTO.

O Bispo Athanasius Schneider da uma simples e esclarecedora explicação sobre a comunhão na mão.

O vídeo dispensa explicações devido a clareza do bispo



#############################################################################

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Essa é a REAL imagem do que acontece quando se comunga na mão:




Leia também: Sobre os 'divorciados recasados' receberem a Sagrada Eucaristia


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Se em Malta está desmoronando o teto - imagina aqui no Brasil que retiraram o Sacrário do centro das Igrejas




MALTA, 25 de agosto de 2017 ( LifeSiteNews ) - No que poderia ser considerado simbólico do estado da Igreja Católica em Malta, ou mesmo a maior parte da Europa, o teto da igreja católica mais antiga do país colapsou misteriosamente esta semana .
Malta legalizou o "casamento" do mesmo sexo neste verão sem praticamente nenhuma oposição dos bispos do país. Isso aconteceu apenas alguns meses depois que os bispos de Mata se separaram dos perenes ensinamentos católicos para permitir que os casais vivos em adultério habitual recebessem a Santa Comunhão.
O país quase exclusivamente católico esteve em uma espiral espiritualmente descendente nos últimos anos.




Notícias sobre o "colapso" na igreja católica mais antiga de Malta vem depois:
"Em um momento anterior, isso teria sido considerado um sinal", disse o Instituto Lepanto sobre a caverna .
A Basílica de Assis, local de uma controvertida cerimônia interreligiosa de 1986 que aparentemente promoveu o sincretismo, enfrentou um devastador terremoto em 1997 que muitos interpretaram como um "sinal" do desagrado de Deus no evento.
O colapso desta semana é uma metáfora apropriada para a Igreja em Malta - e a Europa e a maior parte do mundo ocidental.
A liderança fraca, a praxis irreverente, o sacrilégio aberto, as liturgias heréticas e a falta de fé quase completa caracterizam muito o catolicismo ocidental. Muito mais do que apenas o teto da Igreja parece estar desmoronando.

Por: Claire Chretien


sábado, 15 de julho de 2017

A lista de problemas de A - Z que o papa Francisco trouxe para Igreja

11 de julho de 2017 ( LifeSiteNews ) - A confusão causada pelo papa Francisco na Igreja Católica está fora de controle. Houve tantos incidentes nos últimos quatro anos que os detalhes, apesar de seus graves danos, são muitas vezes esquecidos. Em um esforço para encorajar a oração para o fim da confusão e desorientação na Igreja, LifeSite apresenta a seguinte lista de preocupações com o Papa Francis.
Amoris Laetitia
O documento tão aguardado para trazer os esclarecimentos necessários do Papa serviu em vez de aumentar a fé, trouxe a confusão em todo o mundo, já que o próprio Papa aprovou interpretações ( Malta , Alemanha ), que permitiram que a Sagrada Comunhão fosse dada aos católicos divorciados e ressurgidos.
Demonstração de Burke
O cardeal Raymond Burke foi removido de um dos mais altos cargos da Igreja, como a suprema justiça do mais alto tribunal da Igreja. Em vez disso, ele, um dos cardeais mais fiéis, recebeu uma posição em grande parte cerimonial com a Ordem de Malta e até mesmo o papel dele foi despojado .
Coabitação
O papa Francis disse que "convivências" com a fidelidade são "casamento real" e "ter a graça do casamento real". Em outra ocasião em que o Papa fez observações semelhantes, a secretária papal, o Pe. Antonio Spadaro twittou uma foto do Papa saudando um casal que "prefere morar juntos sem se casar".
Danneels
O cardeal Godfried Danneels, o arcebispo emérito de Bruxelas, foi um compromisso pessoal pelo Papa Francisco aos Sínodos dos Bispos sobre a família. Além de usar vestimentas litúrgicas do arco-íris e ser pego em fita escondendo abuso sexual, Danneels disse em 2013 a passagem do "casamento" gay: "Eu acho que é um desenvolvimento positivo que os estados são livres para abrir casamento civil para gays se eles quiserem "
Imagem
Cardeal Danneels em vestuário Rainbow
Emma Bonino
O Papa chama o principal promotor do aborto da Itália, um dos "grandes esquecidos" da nação . Em uma entrevista com C orriere Della Sera, oPapa Francis elogiou o impenitante líder da avorização da Itália e o proponente do aborto, Emma Bonino, como um dos "grandes esquecidos" da nação, comparando-a com grandes figuras históricas como Konrad Adenauer e Robert Schuman.
Primeiro documento provisório do Sínodo
A escandalosa relação de meio termo do primeiro Sínodo sobre a Família foi vista e aprovada para libertação pelo Papa, de acordo com o cardeal Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do Sínodo dos Bispos. "Todos os documentos foram vistos e aprovados pelo Papa ", disse Baldisseri. Em uma seção intitulada "Congratulando-se com pessoas homossexuais", o documento afirma : "Os homossexuais têm presentes e qualidades para oferecer à comunidade cristã". Em seguida, pergunta: "As nossas comunidades são capazes de proporcionar-lhes uma casa acolhedora, aceitando e valorizando suas Orientação sexual, sem comprometer a doutrina católica sobre a família e o matrimônio? "
Casal confuso de gênero no Vaticano
Imagem
O Papa Francis encontrou-se com uma mulher submetida à cirurgia de mudança de sexo (ao direito do papa) e sua "esposa" (à esquerda do papa).
Em 2 de outubro de 2016, o Papa Francis referiu-se a uma mulher que sofreu uma operação de mudança de sexo como "homem". Ele se referiu a ela como tendo "casado" com outra mulher e admitiu convidá-las e recebê-las para o Vaticano em 2015, descrevendo O casal como "feliz".Clarificando seu uso de pronomes, o papa disse: "Ele era ela, mas ele é".
Controle da população da Santa Sé
Como pouco depois da eleição do Papa Francisco, houve um fluxo constante de impulsores de controle de população falando no Vaticano. Estes incluem: Paul Ehrlich , pai do movimento de controle da população; John Bongaarts , vice-presidente do Conselho Populacional pró-aborto; Pro-aborto Secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon; E os controladores de população Jeffrey Sachs e John Schellnhuber . O chefe do Pontifício Conselho para as Ciências do Vaticano, Dom Marcelo Sorondo, que dirigiu a maioria dessas conferências, é ele mesmo um defensor do controle da população, dizendo que, em uma dessas conferências do Vaticano, na câmera, a limitação dos nascimentos era uma obrigação da Igreja .
Irresponsável ter 8 filhos?
Em 19 de janeiro de 2015, ao falar da paternidade "responsável", o papa advertiu contra católicos serem "como coelhos". O papa falou sobre uma mulher que ele conhece que ele disse estava grávida de sua oitava criança depois de ter os primeiros sete por seção C . Ele disse que a "repreendeu", dizendo: "Mas você quer deixar sete órfãos? Isso é tentar a Deus! "" Isso é uma irresponsabilidade. [Essa mulher poderia dizer] "não, mas eu confio em Deus". Mas Deus lhe dá métodos para se responsabilizar ", disse ele.
"Alguns pensam nisso, desculpe-me se eu use essa palavra, para que, para ser bons católicos, devemos ser como coelhos". Ele acrescentou: "Não. Paternidade responsável! "
Juiz - Quem sou eu ...?
Apesar da avalanche de evidências de danos à Igreja pelo primeiro "Quais sou eu para julgar" o comentário do Papa em sua primeira entrevista aérea em 2013, ele repetiu a linha em junho de 2016 enquanto deturpava o Catecismo sobre a homossexualidade.
Kasper
Alguns dias em seu pontificado, o Papa Francis elogiou um dos livros do Cardeal Kasper e depois selecionou Kasper para entregar o polêmico discurso para lançar os sínodos sobre a família. Kasper foi selecionado como um nomeado pessoal do papa para os sínodos e regularmente se encontra com o Papa Francis. Kasper defendeu o voto dos irlandeses a favor dos "casamentos" homossexuais, dizendo: "Um Estado democrático tem o dever de respeitar a vontade do povo; E parece claro que, se a maioria das pessoas quer essas uniões homossexuais, o Estado tem o dever de reconhecer esses direitos ".
Lutero, pecado sério para converter
Imagem
Papa Francisco ao lado de uma estátua de Martin Luther
O Papa falou com uma audiência diante de uma estátua de Lutero no Vaticano logo antes de ir à Suécia para ajudar a lançar o 500º aniversário do luteranismo. O Vaticano emitiu um selo com Lutero e colocou um documento dizendo que os católicos agora reconhecem Martinho Lutero como um "testemunho do evangelho".
Em outra ocasião, ele disse que é um "pecado muito grave" tentar converter os ortodoxos ao catolicismo : "Existe um pecado muito grave contra o ecumenismo: o proselitismo".
Multiplicação de pães
Durante o Angelus de 2 de junho de 2013 , ele falou sobre o milagre de Cristo da multiplicação dos pães e peixes que ocorrem "compartilhando". "Este é o milagre: em vez de uma multiplicação, é uma partilha, inspirada pela fé e pela oração", afirmou. Ele foi ainda mais explícito sobre isso em julho de 2015 em uma homilia pregada em Cristo, a Praça do Redentor, na Bolívia . O papa Francis disse: "É assim que o milagre ocorre. Não é magia ou feitiçaria. ... Jesus conseguiu gerar uma corrente entre seus seguidores: todos passaram a compartilhar o que era seu, transformando-o em um presente para os outros; E é assim que todos conseguiram comê-los. Incrivelmente, restava comida: eles a colecionavam em sete cestas ".
Nome chamado contra fiel
O papa Francis freqüentemente criticou os adeptos fiéis da fé católica como "obcecados", "médicos da lei", "neo-pelágico", "autoabsensível", "restauracionista", "fundamentalista", "rígida", "ideológica" "" Hipócrita ", e muito mais. Ao se dirigir aos Cardeais fiéis no Sínodo da Família, em entrevistas de revistas, entrevistas de rádio , documentos oficiais da igreja e após a homilia, ele usou linguagem de condenação indicando que eles são "idólatras e rebeldes que nunca chegarão à plenitude da verdade "e" hereges e não católicos ".
Revisão do dicasterio do Cardeal Sarah
O cardeal Sarah, chefe do dicasterio litúrgico do Vaticano, pediu que os fiéis se ajoelhem para a Sagrada Comunhão e sacerdotes para enfrentar o Oriente para missa .O Papa Francis reagiu rapidamente para contrariar a sugestão, tendo o escritório de imprensa do Vaticano emitir uma declaração dizendo que não havia mudança e enfatizando que a forma comum é preferível. Pouco tempo depois, o Papa substituiu a maioria dos colaboradores do Cardeal Sarah em seu dicastério com os liberais.
Escândalos da Pontifícia Academia para a Vida
Imagem
Arcebispo Paglia | Representação de Paglia na muralha da Catedral apertada homem semi-nu.
O Papa Francis nomeou o polêmico arcebispo Vincenzo Paglia para liderar a Pontifícia Academia para a Vida, apesar de escândalos como o programa sexuado do Vaticano e o mural homoerótico que ele ergueu em sua antiga catedral. Posteriormente, todos os membros da Academia foram removidos , a promessa pró-vida descontinuada e uma nova lista de membros nomeados que incluíam defensores anti-vida .
Seleção estranha de Cupich
Em 2014, o Papa Francis nomeou o bispo Blase Cupich como arcebispo de Chicago,apesar da reputação de dizer aos sacerdotes que não se juntassem aos 40 Dias para a Vida. Depois de demonstrar sua dissensão ao ensino católico sobre a homossexualidade, dizendo que os casais homossexuais deveriam receber a Sagrada Comunhão, Cupich foi nomeado Cardeal .
Recusa de resposta dubia
Imagem
Após uma enorme confusão ao redor do globo sobre a Comunhão para os adúlteros, quatro cardeais proeminentes enviaram uma carta ao Papa Francisco em 19 de setembro de 2016 pedindo esclarecimentos sobre cinco questões-chave. Dois meses depois, sem a resposta recebida, eles se tornaram públicos com suas perguntas e humildemente implorou ao Papa uma resposta para o bem da Igreja. Apesar dos apelos de teólogos e estudiosos de todo o mundo, e dezenas de milhares de fiéis e clérigos , o Santo Padre recusou-se firmemente a responder. Em 25 de abril, os Cardeais solicitaram formalmente ao Papa uma reunião para discutir o assunto, mas depois de nem receberem a cortesia de uma resposta, eles divulgaram sua carta em 19 de junho.
Entrevistas Scalfari: "aniquilação" e não o inferno?
Em março de 2015, em uma entrevista com o fundador de La Repubblica , Eugenio Scalfari, o Papa sugeriu que ninguém poderia ir ao inferno e propôs a aniquilação para aqueles que rejeitam completamente Deus. O artigo diz: "O que acontece com a alma perdida? Será punido? E como? A resposta de Francisco é clara e clara: não há punição, mas a aniquilação dessa alma ".
Houve alguma controvérsia sobre a entrevista Scalfari da Repubblica. O Vaticano não verificaria nem negaria em suas partes específicas, mas publicou-o no jornal do Vaticano e no site do Vaticano. Mais tarde, eles o excluíram do site, apenas para republicá-lo novamente e, em seguida, excluí-lo novamente. Os observadores do Vaticano compararam a parte mais controversa em relação à impossibilidade de as pessoas irem ao inferno por toda a eternidade para a declaração da última exortação do Papa, Amoris Laetitia, na qual ele disse: "Ninguém pode ser condenado para sempre, porque essa não é a lógica de o Evangelho!" ????
Batida tradicional da juventude
"Eu sempre tento entender o que está por trás de pessoas que são jovens demais para ter experimentado a liturgia pré-conciliar e ainda assim eles querem isso", disse o pontífice em uma entrevista de novembro de 2016. "Às vezes eu me encontrei confrontado com uma pessoa muito rígida, com uma atitude de rigidez. E me pergunto: por que tanta rigidez? Cavar, escavar, esta rigidez sempre esconde algo, insegurança ou mesmo outra coisa. A rigidez é defensiva. Amor verdadeiro Não é rígido ".
Ele falou de forma semelhante em maio de 2017, quando em uma homilia ele falou "dos muitos jovens na Igreja hoje que caíram na tentação da rigidez". Falando sobre aqueles que são "rígidos" e sinceros, ele disse: "Eles são rígidos Pessoas que vivem uma vida dupla: elas se fazem parecer boas, sinceras, mas quando ninguém as vê, fazem coisas feias ".
Destruição da universalidade
Em sua Exortação de 2013 Evangeli Gaudium , o Papa Francisco pediu uma "conversão do papado" e expressou a necessidade de dar às conferências episcopais "autoridade doutrinal genuína". A descentralização é uma exigência fundamental do clero heterodoxo na Igreja. Durante o Sínodo de 2015 sobre a Família , o Papa Francis disse que "sentiu a necessidade de prosseguir em uma" descentralização "saudável do poder para as" Conferências Episcopais ". Ele discutiu os planos de descentralização com o seu Colégio dos Cardeais tanto em dezembro de 2015 quanto novamente Em junho de 2017 . Em 2016, o papa Francisco sugeriu a descentralização como um caminho a seguir no debate sobre a comunhão para adúlteros.
Checagem do chefe da doutrina do Vaticano
O cardeal Gerhard Muller, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, 69, foi retirado do cargo, apesar de todos os seus predecessores contemporâneos permanecerem no cargo até sua aposentadoria. Vários cardeais disseram ao papa Francisco para remover Muller , que manteve a ortodoxia doutrinária desde que se opunha à agenda do papa para a mudança. Muller revelou que o Papa o demitiu em uma conversa de um minuto . O movimento é amplamente visto como um castigo por se opor à agenda do Papa.
Dia Mundial da Juventude sex ed
Na Jornada Mundial da Juventude, em 2016, o Vaticano divulgou um programa de sexo juvenil que negligenciou o papel central dos pais em tais assuntos, que nem mesmo mencionou o pecado mortal e incluiu fotos e filmes sexualmente explícitos.
X-rated speech
A dignidade do papado tomou um golpe quando o papa Francisco usou os termos scatological coprophilia (amor dos excrementos) e coprophagia (amor de comer excremento) para golpear a mídia para relatar os escândalos dentro da Igreja.
Yayo Grassi
Imagem
Quando o núncio dos Estados Unidos teve o herói pró-família Kim Davis se encontrou com o Papa Francisco na nunciatura durante sua visita papal nos EUA, Davis foi recusada a permissão para tirar fotos da reunião.Quando a mídia pediu ao Vaticano sobre a reunião, eles se recusaram primeiro a confirmar isso, e depois de algum tempo disse que " o único público real concedido pelo Papa na nunciatura (embaixada) era com um de seus ex-alunos e sua família". O ex-aluno do Papa, Yayo Grassi, estava lá com sua irmã e mãe e seu parceiro homossexual. Eles tiraram não só fotos, mas também vídeos em que o papa Francis pode ser visto abraçando Grassi e seu parceiro homossexual.
Zika (contracepção)
O Papa Francis foi questionado sobre "evitar a gravidez" em áreas com risco de transmissão do vírus Zika. "Paul VI, um grande homem, em uma situação difícil na África, permitiu que as freiras usassem contraceptivos em casos de estupro", disse ele. "Por outro lado, evitar a gravidez não é um mal absoluto", acrescentou. "Em certos casos, como neste, como o que mencionei do Beato Paulo VI, ficou claro." Solicitou esclarecimentos, o Vaticano confirmou que o Papa Francisco aprovava o uso de contraceptivos e preservativos em casos graves. (Uma contradição do ensino da Igreja).
fonte: https://www.lifesitenews.com/blogs/the-abcs-of-our-concerns-with-pope-francis